quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Nós podemos e somos sim!


Pesquisando para este post, descobri coisas incríveis tanto materiais, como informativas. Descobri que brasileiras jovens superam homens em acesso à web, segundo Ibope/NetRatings. Na faixa até 24 anos, 51% dos internautas são mulheres. Este crescimento deve-se em parte à proliferação de sites de interesse feminino e que, num ambiente até pouco tempo atrás eminentemente masculino, as mulheres conquistam cada vez mais espaço. Cada vez mais executivas ocupam a primeira posição do setor tecnologia nas grandes empresas, porém, suas vidas acabam tornando-se cada vez mais atribuladas, uma vez que a jornada feminina não se encerra ao final do expediente. Mas esse espaço conquistado é a prova de que nós somos capazes de exercermos as mais diversas funções no que diz respeito à profissão.
Outra prova do espaço conquistado é o incentivo do site Google, que em julho de 2008 criou o Brazil Women in Thechnology, “concurso” que premiará as mulheres brasileiras estudantes de tecnologia.
Já no âmbito material, tenho um protesto a fazer. As mulheres que dizem não gostar dos equipamentos “cor-de-rosa” definitivamente estão por fora, hein. Tem coisinha mais fofa do que um laptop com design exclusivo para nós? Tudo bem que a função é a mesma dos convencionais, mas se podemos ter o diferencial, por que não usarmos e abusarmos? Afinal, eles foram criados para nós, somos especiais e merecemos mostrar isso. Desta maneira as empresas responsáveis por este setor se obrigam a pensar no que queremos e como queremos. Precisam nos apresentar designs arrojados, cores vibrantes, e agregar cada vez mais utilidades para chamar a atenção da geração hi-tech female.
Não vejo problema algum em sermos femininas, mesmo que esta feminilidade esteja traduzida num mouse de florzinhas ou numa unidade USB em formato de coração cravejado de cristais Swarovski.
Homens personalizam suas telas de celulares com escudos de times de futebol, aplicam papéis de parede de mulheres sexys em seus desktops e até reivindicam refrigeradores exclusivos de cerveja para colocar ao lado da churrasqueira (claro, com umas gostosas estampadas na parte interna das tampinhas). Por que nós, que temos muito mais elegância, não vamos aproveitar para deixar nossa sofisticação aflorar em equipamentos feitos especialmente para o sensível público feminino? Aliás, se nosso próprio design já teve muito mais generosidade por parte da Mãe Natureza (que também é mulher), a evolução científica tem de ser justa e nos prestigiar. E, pra fechar, customização para equipamentos masculinos nem faz sentido, afinal homem é tudo igual mesmo (hehe, brincadeira, meninos ;-) ).


Mouses Belíssima Leadership:
feminilidade na informática



Unidade de Memória USB Heart Beat:
mistura perfeita entre sofisticação tecnológica e o glamour das jóias.

http://www.garotassemfio.com.br/



Lu Oliveira

11 comentários:

Anônimo disse...

Esqueci de comentar meninas, mas bem que ia ser irado qualquer coisa tecnológica com a carinha linda do Brad Pitt...não acham???
Bjks Lu

Anônimo disse...

Tudo bem, Lu. Vocês têm direito, sim. Só, por favor, não venham pedir pra gente um pendrive cravejado de diamantes de presente, senão estaremos falidos. hehe
Beijo.

Mario

Anônimo disse...

No no swarovski já ta bom, se bem que são caríssimos tbm hahahahha...mas eu me contento com um lap pink de presente de niver hahahahhaha....
Bjks

Anônimo disse...

Era só o que faltava mesmo. Agora teremos de fazer consórcio para comprar um simples presente de aniversário de namoro. rs
Beijos, Lu.

Mario

Anônimo disse...

De namoro nãooooooo, de vida mesmo hahaha dia 16 pessoal hehehe dá tempo ainda...bjks

Anônimo disse...

Vou te dar um chip de computador. Tem silício, dizem que é valioso, existe até um vale famoso nos EUA com o nome em homenagem a ele, que me diz? hehe
Em tempo: Lu, it's a beautiful day! Não te disse? ;-)
Beijo.

Mario

Anônimo disse...

Oii prima
Direito de usar nós temos,mas ai vai de gosto né?eu nao teria um lap pink. Axo esta cor muito "gritante" hahaha!
mas com a carinha do Brad ou do Johnny Depp...hummm...aí pegava na hora.HAHAHA
Beijoooo

Bianca

Anônimo disse...

O que tem feito de nós mulheres avançarmos no mercado de trabalho desbancando os até então donos do pedaço,é o fato de que trabalhar com mais inteligencia é mais produtivo do que trabalhar mais...rs...(porem eles não podem fazer isso,por dois motivos,e aqui vou dizer apenas um deles:como substituirão as desculpas com horas extras).
Novos conceitos empregados são mais importantes que novas tecnologia...

Adorei...
E ainda concluiu com chave de ouro...rs
"E, pra fechar, customização para equipamentos masculinos nem faz sentido, afinal homem é tudo igual mesmo (hehe, brincadeira, meninos ;-) )."
"Na verdade não são todos iguais não,alguns são piores que outros"...risos...Claro que tbm estou brincando...
Bjos...

Anônimo disse...

*Tecnologias...faltou o "s"
Esquecí de assinar...
Maria/Mariah

*Lu* disse...

Prma, eu sabia que a carinha de um deles iria te agradar...aliás de qqr gato agradaria hehehehe...

Maria/Mariah

Acho que mesmo se os homens resolvessem abrir mão das "horas extras" para serem mais agilizados, eles não conseguiriam trabalham com a mesma produtividade que nós se é que vc me entende Maria!!!


Bjks meninas...
Lu Oliveira

Verônica Pacheco disse...

Muito bom, menina! Acredito que o mercado já se deu por conta que somos as maiores consumidoras, inclusive em compras de desejo masculino. Os carros, por exemplo, foram adaptados para nós, com porta copos, e espelhos, frescurites que nós amamos. Pois em pesquisa descobriram que sempre a palavra final é feminina. rsrsrs
bj
Verô