quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Vamos estar te ferrando



Pelo amor de Deus, quem nunca teve um piti ligando para as companhias telefônicas disponíveis em nosso amado país?
Não existe coisa pior no mundo do que ouvir a maldita frase “senhora, o seu problema não pode ser resolvido nesta célula, VOU ESTAR transferindo a sua ligação para outro atendente que pode lhe ajudar”. Por favor, tenha bom senso, minha filha, “vou estar” é o fim, não há Maracujina no mundo que acalme os nervos de quem liga para essas infelizes.
Certa vez eu trabalhava num determinado escritório político, e, como vocês devem imaginar, em época de campanha eleitoral o número de pessoas contratadas aumenta e, em conseqüência, o número de linhas telefônicas também. Pois bem, passada a campanha eu fui colaborar com a prestação de contas e cancelamento de serviços. Meu Deus, que arrependimento.
Cancelados quase todos os serviços com sucesso, chegou a hora de ligar para certa companhia telefônica visando efetuar o cancelamento permanente das linhas. Lá vou eu né...

Gravação maldita:
- Empresa fulana de tal, para sua segurança essa ligação esta sendo gravada...
Atendente 1:
- Boa tarde, senhora. Em que posso ajudar?
Eu:
- Olá, boa tarde, eu gostaria de efetuar o cancelamento de cinco linhas telefônicas contratadas para a campanha eleitoral do fulano de tal, no período de junho a dezembro de 2002.
Atendente 1:
- Vou estar transferindo para o setor responsável.
Depois de uns cinco minutos esperando, eis que uma voz surge ao telefone.
Atendente 2:
- Boa tarde, senhora, em que posso ajudar?
Eu:
- Olá boa tarde, eu gostaria de efetuar o cancelamento de cinco linhas telefônicas contratadas para a campanha eleitoral do fulano de tal, no período de junho a dezembro de 2002.
Atendente 2:
- Aguarde um minuto, por favor.
Mais três minutos.
Atendente 2:
- Senhora, obrigada por aguardar. Qual o número dos contratos?
Passados os números dos cinco contratos...
Atendente 2:
- Mais um minuto, por favor.
Cinco minutos depois...
Atendente 2:
- Senhora, obrigada por aguardar. Estava verificando em nosso sistema e esses contratos são de pessoa jurídica e o meu setor é de pessoa física. Vou estar transferindo para o outro setor.
Musiquinha do gás tocando repetidamente.
Atendente 3:
- Boa tarde, senhora. Em que posso ajudar?
Um minuto respirando bem fundo para me acalmar.
Eu:
- Eu quero efetuar o cancelamento de cinco linhas telefônicas contratadas para a campanha eleitoral do fulano de tal.
Atendente 3:
- Pois não, a senhora pode me passar o numero dos contratos, por favor?
Eu:
- Moça, eu já passei para a atendente anterior, será que não fica gravado no sistema? São cinco linhas e 15 dígitos para cada contrato.
Atendente 3:
- Senhora, nossos sistemas não possuem ligação, preciso que a senhora repita os números para mim, por favor.
Eu:
- Eu não posso enviar essa solicitação por e-mail?
Atendente 3:
- Não senhora, o cancelamento somente é feito pelo callcenter.
Eu:
- Ok, anote os números por favor.
Atendente 3:
- Senhora, aguarde um minuto, por favor, que vou verificar no sistema.
(Zzzzzzzzzzzz muitos minutos...).
Atendente 3:
- Obrigada por aguardar. Senhora verifiquei no sistema e suas contas são de pessoa jurídica, mas com contrato de campanha eleitoral, e somente podem ser cancelados em outra célula. Vou estar transferindo para o setor competente.
Zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz mais muitos minutos...
Atendente 4:
- Boa tarde, em que posso ajudar?
Eu:
- Moça, pelo amor de Deus, eu preciso cancelar cinco linhas telefônicas, em nome de Eleições 2002 candidato fulano de tal, pessoa jurídica, contrato de campanha eleitoral. Será que você resolve, ou vai me transferir para a quinta atendente depois que eu lhe passar os 75 dígitos dos cinco contratos que tenho? Não posso passar por e-mail?
Atendente 4:
- Por favor, senhora, mantenha a calma que nós iremos resolver a sua situação. Me passe os números dos contratos a serem cancelados. Não podemos, neste caso, receber por e-mail a sua solicitação.
Eu:
- Não sei por que ainda estou insistindo, sei que você não vai resolver, mas tudo bem, anota aí...
Atendente 4:
- Aguarde um minuto. por favor.
Nesse um minuto eu atendi meu celular, conversei com a minha mãe, desliguei, atendi novamente, era uma amiga querendo fofocar. Nossa e como fofocamos. Algum tempo depois...
Atendente 4:
- Obrigada por aguardar. Senhora estava verificando os dados no sistema, mas infelizmente ele ficou temporariamente fora do ar. Para agilizar o serviço, a senhora teria como me passar a sua solicitação no e-mail suaimbecil@empresapegatrouxa.com.br?
Eu:
- ..............................................................................
- ..............................................................................
- Nossa, agora eu posso passar por e-mail?
Atendente 4:
- Sim, senhora, visando agilizar o atendimento, temos esse e-mail disponível.
Eu:
- Visando agilizar o que? Sabe Deus quanto tempo estou aqui, passando de atendente em atendente, implorando a porra de um simples cancelamento. Pedi inúmeras vezes para enviar um e-mail com a solicitação e vocês me disseram que só poderia ser feito por essa merda de callcenter e agora você vem me dizer que, para agilizar o cacete do atendimento, você tem um bosta de um e-mail????? Puta que pariu, por que ninguém me falou antes, quando eu perguntei?
Atendente 4:
- Senhora, se acalme, essa ligação esta sendo gravada.
Eu:
- Foda-se, é bom mesmo que esteja. Assim vocês ouvem quantas vezes forem necessárias, para quem sabe um dia atender com agilidade. Eu vou passar a porcaria do e-mail e quero uma resposta em no máximo 24h, uma resposta não, quero essas linhas canceladas em no máximo 24h.
Atendente 4:
- Faremos o melhor possível para atender a sua solicitação.
Eu:
- O melhor?? Hahahah você só pode estar brincando comigo, né? Não me interessa se vai ser o melhor ou o pior, eu só quero que a minha solicitação seja atendida dentro deste prazo e ponto final.
Atendente 4:
- Tudo bem senhora. Assim que recebermos o seu e-mail, resolveremos o seu problema. Posso ajudá-la em mais alguma coisa?
Eu:
- ................................................................
- Não, não queridinha, se ninguém me ajudou em nada até agora, Deus me livre se eu passar outra situação para vocês.
Atendente 4:
- A companhia pega trouxa agradece e tenha uma boa noite. Ao terminar o atendimento não desligue, avalie o nosso atendimento, para que sempre possamos estar fazendo o melhor por você.
Voz maldita da mulher biônica:
- Atribua uma nota de 0 a 10 ao nosso atendimento, sendo que 0 significa totalmente insatisfeito e 10 totalmente satisfeito. Obrigada.
Eu:
- Filha da puta! Tem nota “menos 1000“? Vacas, aposto que estão rindo da minha cara em seus MSN, todas comentando: uhuuu, mais uma trouxa que perdeu a tarde como nós, pendurada ao telefone.
- Tututututututtutututu...



E vocês acreditam que depois de enviado o e-mail, conversado com mais cinco milhões de atendentes, muitas contas ainda chegaram devido a falta de cancelamento?
Vocês devem estar curiosos para saber quanto tempo demorou para ser resolvida a situação né? Estão sentadas? Demorou dois anos. É isso mesmo, até toda a situação ser 100% resolvida, passaram-se dois anos, meus amores. Portanto, pensem duas vezes antes de contratar qualquer coisa ligada a telefonia.



Bjks, xuxus, e até semana que vem...
Lu Oliveira

15 comentários:

Anônimo disse...

Realmente, qualquer call center da vida dá motivos (e muitos) pra qualquer um ter um troço...
... mas não são apenas os "clientes" que sofrem. Os atendentes, coitados, sofrem tanto (ou até mais) do que eles. Digo isso pq. senti na pele (embora NUNCA tenha trabalhado pra nenhuma companhia telefônica, graças a DEUS)! hehehe ;-)
Bj. Cá *

Anônimo disse...

Lu, quero estar te parabenizando. :-)
Ri muito, e valeu o alerta. ;-)
Beijo, Desaforada.

Mario

Zé disse...

Uê? Cadê a Verô? Não gostei de não terem deixado ela voltar. Blog mais imperioso.
Não acho que esta nova desaforada seja bem vinda. Para ocupar um espaço ele deve estr livre e a Verô deixou claro que ia pensar nos seus comentários.

Ana disse...

Papinho mole de atoritarista barato.
Desaforadas sem respeito nenhum pela colega, fazendo piada com um assunto sério. Hoje é a Verô amanhã poderá ser qualquer uma delas. É só ir contra os mandos do autoritário que leva.
Ana

*Lu* disse...

Vamos lá...

Cá, com certeza eles sofrem também, mas como eles são a ponte entre nós e as empresas, eles é que pagam o pato, mas muitas vezes eles são maldosinhos também né...

Mario thank's queri. É foda viu, eu nunca mais liguei para a tal empresa.

Zé apenas vou deixar clara uma coisa, não sou eu a "substituta" da Verô, se você leu os posts passados deve ter percebido que eu tenho escrito as quartas, excepcionalmente esta semana escrevi nesta quinta. E não que eu deva alguma explicação, mas como não gosto de diz que me disse, eu não conheço a Verô pessoalmente nem o Mario, mas gosto muito dos dois e dei o maior apoio a ela quando ela precisou, portanto, não julgue as pessoas sem conhecimento de causa.

Ana, o final do comentário ao Zé serve para você também, digo por mim, não afirme o desrespeito quando ele não existe.

Bjks da Lu Desaforada de quarta-feira que excepcionalmente escreveu nesta quinta.

Anônimo disse...

Lu,adoreiiii como vc colocou isso,a gente rí né...mas é terrivel quando temos que usar dos serviços prestados por call center...

"Só um minuto senhora"...

Se não bastasse os gerúndios,eles sequestram nosso tempo,nossa paciencia!!!

"Só um minuto senhora"...

Mas como a Cá disse,esses colaboradores sofrem também,com metas impossiveis de serem cumpridas.(Uma amiga me disse que até as idas ao WC são cronometradas).
Vai entender???!!!

Ps.Agora eu entedi tantos comentários ontem,e o meu sucesso(brincadeira)...kkkkk,né Mario...

Beijos,adorei...
Maria

"Só um minuto senhora"...

Anônimo disse...

Maria querida, parabéns pelo seu post de ontem e obrigada pelo cometario de hoje. Mas voltando ao tema, essas criaturas sofrem mesmo, mas é dificil pensar no sofrimento deles quando somos obrigados a ouvir certas coisas hahahah...

Bjks da Lu Oliveira

Anônimo disse...

Obrigada Lu Oliveira(sei que tenho muiiiiiiiitttttttooooo que "aquilatar" para chegar ao gabarito de muitas de vocês,mas estou feliz com o desafio X,risos)...

É, relmente com aquela musiquinha é impossível lembrar alguma coisa!
Uma vez, eu estava no bus indo para a facul,e me ligaram de uma operadora de celular,eu imediatamente falei a moça que eu não queria promoção alguma e que eu não poderia falar com ela pois eu não estava ouvindo claramente o que ela dizia,pois estava no ônibus e o barulho me atrapalhava, e ela insistiu:Senhora, a senhora,pode me ouvir um só minuto,o estarei falando para a senhora é sobre uma promoção dos minutos das ligações que a senhora recebeu no seu celular tal...eu disse a ela,moça eu não quero, eu quase nem uso esse operadora(fui bem clara),esse telefone eu uso só para receber ligações,como você já deve ter verificado,daí eu perguntei a ela,está gravando a ligação,ela disse,sim senhora,eu disse a ela :MOÇA,OBRIGADA,MAS EU NÃO QUERO PARTICIPAR DE NENHUMA PROMOÇÃO! E a bendita, treinada para matar(campeões em nos fazer descer do salto,e DAR PITIS) insistiu...e eu disse,ta fala(respirando fundo)....
Ela disse, senhora, verificamos que a senhora recebe muitas ligações(recebia,rs), devido a isso, a senhora ganhou, um valor de X Reais, para ir até uma loja da tal operado,e retirar um aparelho...Eu disse a ela que não tinha interesse em mudar meu plano, pensando que para ganhar tal aparelho precisaria trocar, ela disse não senhora, a senhora não precisa trocar de plano.
Eu não acreditava, eu estava ganhando um valor para retirar um aparelho e não precisaria dar nada em troca, daí ainda perguntei, risos...Vou ter que deixar meu aparelho(que eu usava)lá?Ela disse, não senhora...é só ir em uma loja (da bendita operadora) e com o numero da senhora,eles verificarão o seu credito...
No outro dia, liguei para tal operadora, claro que eu não acreditei...E não é que era verdade!
Veja aonde chegou o nosso descrédito!!!
Ainda acho que ligarão novamente, pedindo o celular de volta!
Maria

Anônimo disse...

Nossa Lu, eu fico quase tendo um treco quando ligo para Brasil Telecom....
puts, é de família mesmo, nao tem jeito haha
beijokss e fika calma!hauiaa


Prima Bianca

Anônimo disse...

Imagina Maria, as coisas acontecem quqando menos esperamos, pois eu mesma fui Desaforada X por pouquissimo tempo e quando menos esperava cheguei chegando como oficial...E vou te contar, nunca havia escrito nada na vida, como eu disse ao Mario, no máximo escrevia cartas aos meus namoradinhos adolescentes hahahah...
Realmente, é dificil acreditar nas operadoras né. Mas fica tranquila, eles não vão ligar pedindo o aparelho naõ, eu já troquei algumas vezes nos programas de fidelidade.

Bjks da Lu

Anônimo disse...

Zé, Ana, vejam bem em quem vocês estão mirando. A encrenca é comigo. Não ofendam quem nada tem a ver com ess piti inesquecível. Aliás, não esperava que o tema da semana gerasse tamanha celeuma.
Lu, como dizia o José Saramago: "todos são escritores, a diferença é que uns escrevem e outros não". E você escreve, sim. E muito, muito bem.
Beijo.

Mario

Anônimo disse...

Thank's Mario, mas fica susse o recado já foi dado e espero que tenham entendido.

Prima não tinha visto seu recadinho hehehe...eh um cacete essas coisas de operados hahah...
Bjks

Anônimo disse...

ops operadores*....bjks

Anônimo disse...

Olha essa:
http://desciclo.pedia.ws/wiki/Atendente_de_Telemarketing
É só descer pela barra de rolagem e chegar no "como estar irritando uma operadora de telemarketing".
O único problema é que é para atendimento ativo (a operadora liga para você), senão daria para você estar aplicando, Lu. rs
Beijo.

Mario

Cá disse...

Maria, esse lance do cronômetro é
verdade mesmo.

TUDO (MAS TUDO MESMO!) É ABSOLUTAMENTE CRONOMETRADO.

Turno de 6 horas diárias, 15 minutos de intervalo para o "lanchinho" e 5 minutos para ir ao banheiro.
E "ai" da pessoa que atrasa 1 minuto!