terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Livro Da Vida


Aprendi
Que você deve confiar somente em si mesmo
Que nem sempre o que a maioria diz é a verdade absoluta
Que nem tudo que todo mundo gosta, é bom
Que às vezes você se decepciona com quem jamais imaginava
e às vezes se decepciona consigo mesmo
Que alguns mitos podem ser a mais pura verdade
Que nem sempre a verdade é mais conveniente
mas que na verdade, não há uma verdade única e sim uma verdade diferente para cada um
Que sofrer é necessário pois nos deixa medicados para novos sofrimentos
Que há males que realmente vem para o bem
Que seus pais são os seus únicos melhores amigos
Que o verdadeiro amor não é aquele que você pensa que tem tudo pra dar certo, mas aquele que você nem sonhava em ter
Que o diálogo é a base de tudo para qualquer tipo de relacionamento
Que amar a Deus não é ir na igreja e sim amar o seu próximo
Que muita gente pode ajudar o mundo mas nem todos querem
Que a natureza é a única paisagem perfeita deste planeta
e que o único animal irracional é o próprio homem
Que nem sempre aquilo que acham que é o melhor para você, é o melhor para você
Que no seu pouco conhecimento você pode ensinar muita coisa a alguém que julga saber de tudo
Que qualquer um pode renascer de corpo, mente e alma, se assim quiser
Que sou eu que moldo minha vida mas que ainda assim preciso de Deus para sobreviver
Que você deve rir mais e se importar menos
Que devemos dar atenção para as coisas que realmente nos dizem respeito e nos fazem diferença
E aprendi
que para aprender a viver, basta estar vivo!


Bianca Nascimento

6 comentários:

Anônimo disse...

Cacilda! Não vou entrar no mérito dos demais itens, mas esse primeiro... Bia, tem muita gente na qual eu confio de olhos fechados (graças a Deus), acho extremamente amarga essa afirmativa, ainda mais para abrir um texto cujo tema é "Aprendia na escola da vida". Ainda mais para uma garota doce como você. Espero que algum dia você encontre alguém em que possa confiar também.
Beijo, VamB.

Mario

Karime disse...

Oi, Bia! Adorei o texto. Concordo parcialmente contigo. Acho que antes de confiarmos em outra pessoa, primeiro, devemos confiar em nós mesmos. Mas, como o Mario, eu tb tenho pessoas nas quais confio plenamente.
E realmente, o único animal irracional é o homem.
Adorei!!! Beijão grande!

Anônimo disse...

realmente temos muito que aprender na nossa vida, quando achamos que sabemos de tudo na nossa vida, vem algo e muda todo o rumo e vemos que pouco sabemos...

"nada das coisas acontecem por acaso"...

Anônimo disse...

O que eu quiz dizer, Mário, é que tem pessoas que confiam muito nas outras, depositam cegamente suas fichas em outras, e no fim, acabam se decepcionando. Eu já quebrei a cara com muita gente, e confiança mesmo, cega e pura, só tenho nos meus pais e em mim.É claro que tem pessoas que confio também, mas cegamente e puramente de toda minha alma só eles e eu!Eu aprendi isso, o que posso fazer?
Não me sinto amarga por isso..me sinto mais segura, isso sim!

Como dizia Renato Russo:
"Se você quizer alguém, em quem confiar, confie em si mesmo, quem acredita sempre alcança"

Beijos

Bia

Fer Bugai disse...

Que linnnndo! rsrs Gostei muito Bia! Acho mesmo que a escola da vida ensina muito. E a confiança é uma coisa mais que delicada rsrs

Beijos
Fer

absolutsubzero disse...

Oi Bia

Eu concordo com você, principalmente porque eu venho de uma família que vivia dizendo que tem que tomar cuidado até com a própria sombra. Mas eu aprendi que confiar em si mesmo deixa-nos forte e aprendi, depois de muitos anos, que tem sim pessoas na vida que você pode confiar, mesmo levando rasteira de outras.

Aprendi também que muita gente que se diz religiosa, nada mais é do que uma casca de aparência, pois faz e fez tanto mal ao próximo, que nem morando numa igreja apaga todo o mal feito.

Várias contradições de pensamentos que só a vida mesmo para nos ensinar.

Adorei seu texto

Beijos
Daniela