quinta-feira, 7 de abril de 2011



Por que as pessoas mudam com o passar do tempo?





“Não tô com saco pra nada, também”. Depois de ouvir esta frase do meu namorado, tive uma súbita vontade de escrever sobre isso. Então me sentei e meio não convencida do que queria pensei naquele show de metal que estava perdendo. Pensando melhor, as Olimpíadas de Inverno estavam me atraindo mais com sua precisão de detalhes. Pensei... por que? Porque não havendo mais a possibilidade de pontuar com a decisão da jogada a ser feita, o mais interessante foi optar pelo jogo defensivo. E entendi que nada poderia ser feito naquele momento para virar o placar a não ser entender o adversário e pensar como ele. Optei por me apaixonar.

Entendi que não há como separar o bem do mal sem sacrificar um dos lados porque ambos se completam e que a paixão, é o que forma a liga. Escolha uma pessoa e dedique um tempo a conhecê-la e saberá do que estou falando. Compreenderá que a tua impressão sobre alguma coisa causará reviravoltas em tua vida e que tudo o que ela é, continuará sendo, mas que teus olhos verão mais. Se fôssemos pensar em como classificar o que o ser humano pensa, creio que a tabela começaria por “a o que se dedicar”.

Para o que se vive, sua, trabalha, brinca, processa, que diferença está fazendo? Poucas coisas que você faça mudarão um pensamento. Uma atitude talvez, mas não uma essência. A medicina pode avançar, mas a escolha é tua. A tecnologia evolui, mas a escolha é tua. Os crimes ocorrem, pessoas morrem, tantas outras vivem, sobrevivem, recusam a totalidade do acaso, empurram suas vidas como num parto que está por ocorrer, expulsando para fora de seu corpo o que é preciso entregar ao mundo mas que, ao mesmo tempo, merece cuidado e envolve respeito.


E a paixão a que me refiro aqui, é mais do que simples acaso.
O tempo nos traz autoridade. O tempo nos traz experiência. O tempo nos traz a dúvida. Dúvida sobre o que julgamos ser correto, sobre o que se acha ser o melhor, sobre quem somos ou o que fomos. Será que, por isso, as pessoas mudam? Será... que as pessoas mudam? Será que não nos enganamos por tanto tempo e não culpamos... o tempo? Você... sente que está diferente?


Angelica Carvalho


Fonte:
http://www.cartacapital.com.br/sociedade/as-pessoas-mudam-o-mundo-muda
Foto:
Divulgação

2 comentários:

Lu disse...

Há tempos que eu não lia seus textos, que legal...
Será... que as pessoas mudam? Ou é a nossa percepção?

Lis disse...

Será... que as pessoas mudam?
Não tenho respostas, mas gostei do texto. Conheci o blog antes de te conhecer e adorei os dois...um grande abraço...Lu (Rio)