domingo, 31 de maio de 2009

- é +

Em época de twitter, de vídeos curtos no youtube e de apetrechos tecnológicos cada vez menores, nunca a máxima do “menos é mais” foi tão válida. Sendo assim, é uma boa oportunidade para aderir aos micro-contos. Aqui vão dezinhos.

...

Vivia sem tempo. Comprou uma ampulheta maior.

...

Chorou para secar a paixão e regar a esperança.

...

Saiu para comprar cigarros. Só voltou quando teve câncer.

...

Levantou do divã. Matou o terapeuta por saber demais.

...

Ia contar até dez. Enfartou no 33.

...

Zapeava cada vez mais. Até que perdeu o controle.

...

Sua vida não fazia sentido: tinha gêmeos em virgem.

...

Queimou as fotos. Saiu de casa. Comprou uma câmera nova.

...

Sempre acabava as frases com reticências. Até que um dia...

...

Viu seu futuro nas cartas. Foi trabalhar nos correios.

...



Mario Lopes

10 comentários:

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkk

Adorei...
Rachei...

Ariam.

Anônimo disse...

Legal, Ariam.
Estou pensando em escrever nano-contos, tipo de uma letra só. Vamos ver. hehehe
Beijo.

Mario

Anônimo disse...

Parabéns !
Frases minimalistas são o máximo , elas dizem muito com tão pouco .
Com carinho ,
Luciana do Rocio .

Confições da Schena disse...

Viajei nessa saia curta!

A-mei os textos publicados pelo Desaforadas, e ficaria muito feliz :) se visse algum texto publicado neste maravilhoso blog, de grandes feras como vcs!


beijos, beijos

Ingrid disse...

Dormir não era seu forte, preferia contar botões de seu casaco...

Amei

beijo

Dirgni

Anônimo disse...

Obrigado, Luciana. Para você, que é poetisa, acho que a brincadeira teve um apelo ainda mais interessante, não?
Beijo carinhoso também. Ah, bem legal o poema das Desaforadas que você postou no meu Orkut.

Mario

Anônimo disse...

Puxa, obrigado, Schena. Muito legal seu interesse pelo blog. Sempre que puder pinte por aqui, que será bem legal receber seus comentários e trocar idéias.
Beijo e bom domingo aí nos pampas.

Mario

Anônimo disse...

Hehhe, tá aderindo, né, Dirgni. Que bom que amou, assim a gente troca figurinhas desse micro-universo.
Beijo.

Mario

Julianna disse...

Gu.. Gu.. Guuu..
Qta criatividade!! Adorei!!
Bju da Juh... ;)

Anônimo disse...

Juju, obrigado. Bom que adorou, se quiser brincar da modalidade, fique à vontade. Manda seus textos pra cá, ou a gente escreve juntos como daquela outra vez, OK?
Beijo.

Gu