quarta-feira, 26 de março de 2008

Nem tão opostos assim...

Sinceramente não acredito muito nessa máxima aplicada da física para o mundo dos relacionamentos. As outras desaforadas já deram o toque e eu concordo. Por mais que existam diferenças, se continuam juntos é porque existem algum grau de concordância/empatia para manter o relacionamento. É o bom e velho "estão juntos porque se merecem", por mais que aos olhos do resto pareça não haver uma grande conexão.

E, depois de alguns meses aturar alguém e um relacionamento no qual você e o seu "significant other" são totalmente diferentes, acaba virando um suplício (qualquer um que tenha tentado e não segurado a barra vai concordar comigo hehe) . Nem que seja na visão de mundo, no tipo de planos que eles têm para o futuro, ideologia política, no gosto musical, enfim, em alguma parte tem que haver a chamada conexão, de preferência banda larga né porque discada ninguém merece.

A cultura pop que não é boba nem nada e adora esses clichezões (e quem não gosta?) sempre gerou "produtos" baseados nesse conceito dos opostos que se atraem, em filmezinhos de adolescente ou nem tão adolescente assim como no velho confilto garota (o) rico que se apaixona por menina (o) pobre e por aí vai. No domínio musical lembrei de duas canções (mas existem mil outras) , uma nacional e outra internacional sobre esse assunto.

Léo Jaime - a vida não presta

Você vai de carro prá escola
E eu só vou a pé
Você tem amigos à beça
E eu só tenho o Zé...

Prá consolar
As tardes de domingo
Que eu passo à sofrer
Sonhando em ter
Um carro conversível
Prá você me querer...

Quantas noites
Em claro eu passei
Tentando te esquecer
Quando à noite
Eu consigo dormir
Eu sonho é com você...

A me dizer:
Prá não ter ilusões
Que entre nós não pode ser
E é mesmo assim
Nem mesmo no meu sonho
Eu posso ter você prá mim...

Eu tentei naquela festa
Você fugiu de mim
E eu pensei:
A vida não presta
Ela não gosta de mim...(2x)



Já a segunda é da atual jurada do American Idol, Paula Abdul com uma música exatamente com o nome do tema da semana "Opposites Atract":



Até a próxima semana!
Lady A.

2 comentários:

Anônimo disse...

Adri, juro que eu estava pensando nessa música do Léo Jaime (felizmente não por afinidade com a letra hahahaha). Muito oportuno o link com o tema. Outra para corroborar com a teoria dos similares se atraem: "Sônia", versão do cara em que não se sabe quem é mais safado, se ele ou a musa à qual se dirige na letra.

Charlie

Adriana Amaral (Lady A.) disse...

CHARLIE: é resolvi fazer um post bem humorado rs pra nao ficar pagando de "a chata" que só contraria tudo hehe.
E lembrei direto dessa música. Mas Sônia tb dá certo. bjo