terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Ô Biancaa! Ô Biancaaa!



Ô Ana Júliaaaaa! Ô Ana Júliaaaaaaaaaa!
Essa Ana Júlia deu o que falar, não é? Lembro-me que nas festas que eu ia de 15 anos essa música sempre tocava e eu gritava o nome da individua bem alto com a galera sem mesmo saber quem era.



Mas, e meu nome? Será que uma galera assim gritaria meu nome um dia em festas porque alguém em algum lugar do mundo apaixonadamente escreveu uma música para mim?

Acho que a maioria das mulheres devem achar que, se algum homem faz uma música para ela é sinal de paixão. Mas será que todas essas mulheres que viraram música realmente se renderam pela melodia entoando seus nomes e se entregaram à paixão de seu seus artistas? Nem todas. Dizem que a própria Ana Julia não se rendeu.

Bom, e outras “Ana Júlia” por aí devem ter sido motivo ou de piada ou até mesmo receberam declarações com a música por muito tempo. E não só elas, mas muitas outras que viraram música por aí. Digo isso porque já me relacionei com um Leonardo e existia uma música Leo e Bia, do Oswaldo Montenegro. Toda vez que ouço ou vejo o nome da música, é frustrante.



Pois é, a intenção dos caras podem até ser a melhor, mas depois a vergonha, as piadas e até mesmo se o relacionamento não der certo e você tiver que ouvir gritarem seu nome por aí, em alguma música, deve ser muito pior. Por isso, acho que, no fundo, o melhor não é você ter uma música com seu nome ( o que pode parecer romântico) mas sim uma música feita pra você, somente pra você e que só você e o seus artista precisem saber disso.
E se acaso ouvirem alguma música Bianca por aí, tenham certeza que não é para mim! rs


Beijos e até

Bianca Silva

6 comentários:

Anônimo disse...

Que tanta certeza é essa de que você não será musa inspiradora de algum compositor, Bia. Dê ouvidos ao que comentou a Mila (de que "a vida é uma caixinha de surpresas") e saia por aí à cata do seu menestrel. ;-)
Beijo.

Mario

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Hoje, infelizmente, o blog teve de quebrar a tradição de nunca deletar comentários de leitores. Isso porque duas infelizes colocações de um anônimo (que na verdade se chama Osvaldo) tiveram de ser excluídas por serem ofensivos, desagradarem profundamente a Bia e ainda trepudiarem em cima de um terceiro de maneira truculenta e sem um mínimo de compostura. Portanto, pedimos desculpas pelos comentários removidos, mas a liberdade que damos aqui para opiniões não pode ser confundida com liberdade para ofensas.

Mario

*Lu* disse...

Bahhh eu sabia que tinha algo a falar e tinha esquecido (tipo Dori do Nemo)...Muito bem Mario, fiquei de cara ontem qdo li o que esse #$@@$#@$#@ escreveu...Falta de respeito... Todo mundo tem direito a opinar, mas esculachar com a vida alheia ja é demais, ainda por cima com a vida de uma das pessoas que eu mais amo no mundo...

Anônimo disse...

Só cometi uma gafe, Lu: quem escreveu foi o próprio Léo e não o Osvaldo. Portanto, aqui vai uma errata e um pedido de desculpas ao Osvaldo.

Mario