terça-feira, 29 de abril de 2008

Erotic Sweets

A minha primeira idéia para este tema era colocar um figurino de investigadora particular e visitar sozinha um sexshop, tentando vivenciar alguma experiência engraçada ou indiscreta.
Mas a preguiça e os compromissos falam alto, e apesar de estar morando a 2 quadras da Rua Augusta, conhecidíssima rua das prostitutas de São Paulo (agora menos), o sexshop mais próximo é muito pobrinho em termos de produtos e visual.
Então me lembrei da minha breve experiência no lado de trás do balcão. Sim, meus caros amigos, pra quem não sabe em 2004 eu fazia chocolates eróticos. E se alguém quiser uma encomenda grande ainda faço... rsrsrs
Tudo começou ao ver minha tia fazendo ovos de chocolate deliciosos e vendendo no bairro todos os anos na Páscoa. Aí, eu propus: -”Que tal usar todo esse seu talento pra ganhar mais dinheiro fazendo chocolates eróticos?!?” Ela primeiro enrubesceu e deu uma risadinha achando que eu estava brincando. Mas após uma hora convenci a católica tiazinha, compramos o material, montamos uma bancada numa feira de fim de semana dentro de um shopping perto da paulista e vendemos os EROTIC SWEETS no mês dos namorados.
Toda semana lá estava eu, transformando barras de chocolate em peitos médios crocantes, peitinhos, bundinhas, xaninhas que cobria com papel vermelho e um cabo verde, parecendo rosas, trepadinhas e pirilaus de tudo que é forma e tamanho com recheios variados. O que fazia mais sucesso era o de leite condensado.
E, claro, tudo com a supervisão da minha tiazinha ministra da igreja católica. Acho que naquele mês, ela deve ter quadruplicado as rezas na igreja. Lembro que nos primeiros dias, havia um pirilau de chocolate com tamanho de dar inveja a muito homem, esse ela não queria nem tocar. Tirava da geladeira e dizia: - “Vai, desse aí você cuida.” Até ela notar o quanto eu sou desajeitada e meteu a mão com tudo no tal do chocolate. Depois disso, não teve mais frescura.
A minha primeira venda foi simpática: um garoto dos seus 14 anos comprou um pinto-pirulito pra dar pra avó. Tinha um cara também que aparecia todo fim de semana, só quando o meu parceiro estava atendendo e sempre comprava a “tora”, mas cada semana com recheio diferente. Uma menina de 5 anos passou e olhou os bombons em forma de pintinho e soltou bem alto: - “Olha mãe, ossinhos!”
E várias pessoas, principalmente mulheres pegando cartão pra fazer futuros pedidos pra amigo-secreto, aniversário e festinhas íntimas.
Decepções: Parada Gay lá fora, várias bichinhas passeando pelo shopping, todas parando, falando um monte sobre os chocolates, mas comprar que é bom, nada, né bi?!
E quando atendi toda simpática um telefonema de homem, voz bem grossa, perguntando se podia fazer um chocolate em um formato de homem e mulher fazendo... digamos... bem... inenarrável... “Ah, desculpe, as formas já vem pré-prontas. Mas se um dia encontrar um fabricante de formas, darei a sua sugestão...”

Depois do dia dos namorados as vendas caíram, não cobriam o aluguel do espaço, cansei de toda semana ir até a casa da tia na zona lost, resolvemos então fazer só por encomenda. Até quase fechamos uma encomenda boa pra uma nova rede de motéis... Mas resolvi vender algo com o qual tinha menos trabalho e mais experiência: campanha política, onde quanto mais longe, melhor. Nunca mais coloquei minhas mãos em chocolate, apenas pra comer, claro. Três anos depois ligou uma mulher perguntando se ainda fazíamos chocolates eróticos, pois ela queria dar de presente pro marido, não tive dúvidas mandei o pedido pra minha tiazinha cristã.

By Mazé Portugal

5 comentários:

Anônimo disse...

Mazé, a natureza é mesmo perfeitinha: se nosso semen tivesse sabor de leite condensado, vocês sairiam da dieta para sempre. E nós morreríamos secos.
A inocência da menina dos "ossinhos" é arrebatadora, consigo imaginar a cena e a sua cara segurando o riso.
História deliciosa, Mazé. E o mais gostoso é saber que foi real.

Charlie

Josiany disse...

adorei! meu aniver é em maio, quero o Erotic Sweets, heheheh

Anônimo disse...

Charlie, realmente assim seria fácil descobrir quando a mulher estivesse sexualmente ativa...rs Qualquer engordadinha, e as amigas já perguntam : - E aí, tá saindo com quem?rs
Valeu!!

---------
Josy(gemeniana ou taurina?), vou te passar o telefone da minha tiazinha...rsrs

Anônimo disse...

Mazé, meu aniversário é em junho, mas eu dispenso os "ossinhos", tá? hehe
Outra coisa, fiquei curioso para saber qual o tal pedido de formato inenarrável que o cara fez. Revela aí, vai.
Fiquei também curioso para saber como as suas freguezas faziam a degustação. ;-)

Charlie

DANIELA disse...

Fiquei curiosa para saber o que passava na cabeça da tua tia enquanto fazia os chocolates... hahaha... quem sabe ela ficava tendo inúmeras idéias, só maquinando coisinhas na cabecinha dela... hahaha!!!

Beijokas, Dana