sexta-feira, 25 de julho de 2008

Você sabe ser sexy? Tem certeza?



Existe uma grande confusão de conceitos hoje. Ser sexy nada tem a ver com decote, salto alto e (pior) bunda ou peitos à mostra. A sensualidade vem de dentro, é atitute que brota sem intenção. Nada tem a ver também, com conceito de beleza. A Angelina Jolie é linda e todo mundo sabe disso. Ela virou um padrão social de beleza ditado pela mídia e por nós mulheres (as maiores ditadoras de todos os tempos. Somos piores que Hitler, em se tratando do próprio corpo, ou do corpo das rivais). Angelina seria horrorosa na época da renascença. Como podemos dizer que ela é sexy sem conhecê-la? Alguém aqui já passou um dia (ou uma noite) com ela?

Toda e qualquer questão de sedução hoje é sinônimo de barriga chupada e renda preta. As mulheres perderam sua essência. Esqueceram que um simples gesto, como passar a mão no cabelo para tirar alguns poucos fios do rosto, pode ser mais sexy que uma cinta-liga. Uma camisa de algodão pode ser mais “sexy” que qualquer meia sete oitavos.

Defendo que “sexy” são atitudes e não pessoas. São comportamentos. Vou ainda mais longe (que me odeiem todas as mulheres), diria que toda essa mulherada pelada nas capas de revista, nas cenas de filmes e nos canais de TV são um bando de acéfalas que nada têm de sensualidade, aliás, aposto que nenhuma sabe ser “sexy”. Elas não precisam ser nada, além de bunda. Elas não precisam de atitude para que um homem babe por elas. A mídia já deu tanto poder à elas que de mais nada elas precisam (E não venham me dizer que isso é papo de mulher feia, gorda e recalcada. Que não sou nada disso). Digo também, que a maioria da mulherada por aí apela para a vulgaridade quando tenta ser sensual. Que esqueceu de ouvir a essência dentro de si para ler a revista Nova com suas receitas mirabolantes de como ser sexy ou como dar para o vizinho. Pra terminar, gostaria de lançar um desafio, que você, cara leitora, tente ser sexy essa semana de calça de moletom e camisetão. Sem apelar pra nenhum “item opcional” além daqueles que já fazem parte de cada uma. Quero ver quem consegue... Depois voltem, pra me contar.



Mônica Wojciechowski

6 comentários:

Anônimo disse...

Mô,
Como representante do outro lado, o masculino, permitame discordar de alguns comentários "absolutos" sobre o que poderia ser ~
"ser sexy".

Você pontua basicamente 3 características fortes do que seria a sexualidade POP feminina: vestir-se de maneira insinuante estimulando a líbido até de um homem (ou mulher invejosa...rsrsrs) em estado cataplético, ser linda a la Jolie (mas como competir se ela é trés jolie até no nome?rsrsrs) sem que ao menos troquemos uma palavra com a beldade e estar na mídia (especialmente a Global, talvez.)

Olha ainda que eu concorde muito com você de que o que vale não é apenas um rostinho e um corpo esculturais, ver um corpinho e um rosto atraentes sempre é um colírio para os olhos e é possível ver sensualidade (e ser sexy portanto) nisso sim. Se essa pessoa combinará com você e corresponderá às suas expectativas nos aspectos que quiser é outra coisa. Não é verdade?

Podemos ter pessoas muito sexies portanto que são intragáveis e, on the other hand pessoas maravilhosas, igualmente lindas ou não, mas que não tenham a sensualidade como ponto forte.

O que seria ser sexy então? Sei lá, mas eu indicaria um olhar marcante e seguro, vestir-se de maneira a valorizar as suas partes do corpo mais especiais para quem você quer (e se desejar para a comunidade de babões também...), tem a ver com inteligência também, perspicácia, um pouco de picardia, entregar-se para o seu amado ou amada sem medo de ser feliz e de peito aberto, experimentar, experimentar, maquiagem leve, maquiagem pesada, sem maquiagem...

Puxa a sensualidade pode estar em muitos lugares, percebe?

But, it´s just my opinion...

kisses

W.Allen

Anônimo disse...

Mopi, legal a reflexão e confesso q não tenho uma definição fechada d o q é ser sexy. Em rápidas palavras, qual seria a sua?
Beijo.

Charlie

Mônica W. disse...

w. e mario, queridoooooooooos.

primeiro quero dizer que adoro os comentários de vcs. chego a pensar, muitas vezes, que vcs dois são meus únicos leitores. hihihi.

enfim, vamos lá...

"wodddiiii", na verdade, tudo que vc fala, é mais ou menos o que tentei colocar, talvez não tenha conseguido explicar da melhor forma.

concordo com vc que ver pessoas bonitas é estimulante. o que quero dizer é que isso não é sexy. é simplesmente bonito e gostoso. mas, vc tem a imagem da jolie pelo que vê nas revistas.. não sabe como ela é quando acorda. ela pode acordar falando palavrão, gritando e arrotando. já pensou nisso? ser bonita é uma coisa. ser sexy é outra. que mais tem a ver com os olhos de quem vê do que de quem faz algo para seduzir. na minha opinião, claro.

com relação a pessoa combinar com vc ou responder as suas expectativas, nada tem a ver com sensualidade tbm. aliás, acho que o grande problema da humanidade é criar expectativas. mas isso é papo para outro tema do blog...

o que seria ser sexy? não existe formula. de repente um jeito de caminhar de alguém, sem nenhuma intenção de seduzir, pode lhe parecer sexy... não é mesmo?

beijos w. allen.

*****

marioooooooooooooo,

quem sou eu para definir? tentei no texto. mas, acho tbm, que não existe uma definição fechada. acho que é questão de gosto. o que temos que questionar se o que gostamos é pq a nossa essência gosta, ou se pq a revista "nova" ensinou...

beijosssssssssssssssss.

mô.

Anônimo disse...

Moniquinha[(desculpa a intimidade, logo assim de cara), mais lendo seu belíssimo texto, e tendo me divertido com várias partes me senti a vontande para assim à chamá-la.]

Apesar de ter adorado sua crônica, gostaria de fazer um ou outro comentário.
Existe uma frase que eu já ouvi a muito tempo que sempre achava boba, mais quanto mais as folhas caem, e menos impôrtancia dou para o alheio...
"quem ama o feio, bonito lhe parece"

.....


Pois bem, sexy nada mais é para mim do que aquilo que é agradável, bonito, atraente, ... aos olhos...
o sexy está aonde os olhos do coração enxergam...



....aposto que o Brad vê a Jolie de forma sexy, mesmo ela pela manhã descabelada e arrotando ...com um dos 15 filhos puxando o pijama pra baixo...



sexy é a forma de se olhar e não de agir...

sem o receptor o agente é nulo!!!

viagens à parte....

para quem busca o sexy....busque a si mesmo ... porque o sexy aparecerá ao natural...cercado de olhares...isso é sexy... a mais pura felicidade emanada...


beijos
stanley kubrick(viagem, com plágio final)

Mônica disse...

stanley querido.

vc não imagina minha felicidade de ter tantos nomes famosos lendo meus textos. huahauhau.

enfim, concordo com o seu comentário. =)

beijossssssssssssssssssssssss.

mônica.

Anônimo disse...

Sabe Stanley,

Gostei dos seus comentários ainda mais vindo de um parceiro de profissão.
Mas sabe o que me deixa mais curioso é que lendo o texto original e os comentários estamos sempre num telefone sem fio permanente onde tentamos dizer uma coisa e acabamos sendo interpretados de outra forma. E no final de tudo, todo mundo concorda com tudo.....

A vida é mágica e inexplicavelmente divertida quando encontramos pessoas interessantes e bem humoradas.

Vida longa aos cineastas e as desaforadas.

W.Allen