terça-feira, 15 de julho de 2008

Depoimento de uma viciada em...."IT"
Meu nome é xxxxxxxx, tenho xx anos, sou xxxxxxxxx desempregada e sou dependente de IT. Acho que eu gosto de IT desde que eu me entendo por gente. Na verdade, acho que esse gosto eu tomei do meu pai. Lembro dele me incentivando a usar IT, sem saber ou entender direito as conseqüências que poderia vir a ter.
IT não é o tipo de droga que seja necessária abolir completamente. O grande desafio é controlar a ingestão da quantidade. Pois pra mim, se o IT for do bom mesmo, quem pede um, pede bis.
O efeito é mais ou menos assim: Acalma, preenche aquele vazio provocado pela ansiedade, sacia, um colo de mãe, uma sensação de bem estar pleno.... Aí provoca sonolência, letargia, depressão, culpa ... E aí, pra esquecer: mais IT.
As conseqüências a longo prazo são óbvias.
Um dia eu resolvi me abster completamente de IT por uma semana, nem lembro se consegui levar até o fim, mas lembro bem da sensação que tive no me corpo. Era muito estranho, não parecia ser eu mesma. Alguma coisa estava faltando, estava leve, mas como se algo estivesse prestes a acontecer. Sabe como quando parece que está num corpo estranho, ou um alienígena tomou conta do seu corpo. Sei que isso parece mais “viajandão” do que quando estou turbinada com IT. Mas é que pra mim esse vício já é tão normal, é a minha casa.
Sinto que hoje minhas crises de dependência estão mais controladas. Ainda tomo mais do que deveria, mas acho que já é um sinal de maturidade não atacar 3 vezes por semana (mínimo) pacotes e mais pacotes de IT, como se fosse um bode. As melhores estratégias que desenvolvi foram: comprar em pouca quantidade, ou não ter dinheiro pra comprar, ou estar 24horas rodeada de gente.
O vício é um escape. Um lugar no país das maravilhas, onde a mente pode se distrair das marteladas de preocupações reais ou imaginárias que nos assolam. Todos os viciados (pelo menos os que admitem) sabem que estão desenvolvendo uma doença, um suicídio a longo prazo. Cada um escolhe a sua arma, umas aparentemente inofensivas, outras rápidas e certeiras. A minha é IT, qual é a sua?

by Mazé Portugal

20 comentários:

Anônimo disse...

Putz, Mazé, conheci uma galera viciada em IT. Foi num trabalho que fiz pro HSBC: um manual sobre IT pra Editorial. Depois (também pra Editorial) fiz outro trabalho, com uma empresa que agora não lembro o nome (vou perguntar pro Carlos). Eles queriam fazer um informativo sobre o assunto, mas não rolou. Os sintomas são bem esses que você comentou.
Beijo.

Charlie

Anônimo disse...

Charile, eis minha primeira reação ao ler seu comentário, alto e em bom som:
-rarararararara....

bj. Mazé

Anônimo disse...

hehe Coincidência, né? Fui no Carlos hoje de manhã e esqueci de perguntar o nome da empresa. Depois, acabei lembrando: Qualityware, eles prestam serviços pra Soft também. Fiz um folder bem bacana falando sobre a falta que faz IT na vida das pessoas - quando você vier pra cá te mostro a idéia, mas só em texto porque miseravelmente não fiquei com nenhum impresso pra portfolio.
Beijo, Mazé.

Charlie

Desaforadas disse...

to boiando..rs o q é IT? Pra mim é um livro do Stephen King hahaha

Larissa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Larissa disse...

tô boiandoo até agora também!!!
o quê é IT??????

beeeeijão galerinha do bem :D

Anônimo disse...

Ô, gente, é simples. A Mazé é viciada em IT. Você, Larissa, provavelmente é viciada em HE. E eu sou viciado em SHE. Entenderam agora?
Beijo.

Charlie

Larissa disse...

tô boiandoo até agoraaaa ^o)
só estão querendoo confundir minha humilde cabeçinhaa.. rsrsrs

beeeeeijão...

Anônimo disse...

IT é uma metáfora, um codinome pro vício. Simplesmente isso. Como eu quis deixar o nome da viciada anônima, o vício dela também. Minha proposta de texto não é jornalístico, por isso não tenho obrigação com o leitor de deixar claro o que é. E o Charlie só viajou comigo em cima da idéia...rs Esclarecido, Larissa e desaforadas?
Mazé

Larissa disse...

ah tá.. agora simm :D vlwss pela explicaçãooo rsrs
eu demoro, mais entendooo.. xD

Anônimo disse...

hehe Viajei nada. A Mazé agora está tentando desviar do assunto. IT significa Information Technology. Se você é do tipo que está sempre dando upgrade no PC, vive com palm top no bolso, troca de celular a cada seis meses, baixa tudo que é software na web, não sai de casa sem seu i-pod e não viaja pra lugar nenhum desse mundo onde não tenha la house disponível, então, sinto informar, mas você tem verdadeiro vício por IT.

Charlie

Larissa disse...

:S

Verônica disse...

Muito obrigada Mario pela explicação. Não entendo o pq do mistério. E Mazé, sim vc tem obrigação com o leitor, não é só pq é um blog que todos tem que ficar boiando. Não é seu diário e sim um veículo aberto, onde nunca o veículo pode chingar seu leito rde burro. Caso contrário ele não volta. Respeito para com o leitor é o mínimo que nós desforadas temos que ter.
Verônica

Verônica disse...

Ops! Fiquei tão indignada com todo este mistério em cima deste post que sai de mim e nem me concentrei em escrever direito. Vai o texto corrigido:
***
Muito obrigada Mario pela explicação. Não entendo o pq do mistério. E Mazé, sim vc tem obrigação com o leitor, não é só pq é um blog que todos tem que ficar boiando. Não é seu diário e sim um veículo aberto, onde nunca o veículo pode xingar seu leitor de burro. Caso contrário ele não volta. Respeito para com o leitor é o mínimo que nós desaforadas temos que ter.
Verônica

Adriana disse...

Após ler estes comentários, a pergunta q me faço é:
O que é um blog??
Um jornal, uma revista cientifica, um artigo acadêmico???
Well, p/ alguns até pode ser... C'est la vie
Mas, p/ mim é um belo de um diário virtual, diário q tanto pode ser de uma pessoa como de várias... e como diário É LIVRE, LEVE E SOLTO EM SUA FORMA DE SE FAZER EXPRESSAR!
Ok, darlings!!

Anônimo disse...

Verô,
Fico muito feliz que o meu texto tenha mexido tanto com vc... Que tenha provocado uma catarse em vc, como dizemos no Teatro. E é esse o objetivo de toda obra artística. Mexer com o espectador de alguma maneira, neste caso, o leitor. E é tão difícil estarmos inspirados pra escrever toda semana, acabamos caindo naqueles textinhos água com açúcar, né?
Quando estou inspirada, nos meus textos, caso vc não tenha notado, gosto de encarnar várias personagens. Até pq é o quê faço melhor. Então, querida, o meu texto não tem nada de diário, pois não é pessoal. Sacou? Aliás o seu texto, da Ale e até da Lady A estão muito mais pessoais...
Quanto a deixar o leitor boiando, a proposta é exatamente deixar o leitor curioso e imaginando várias coisas que poderiam ser esse IT. E só houve essa polêmica por causa do comentário espirituoso do Charlie, que deu margem a que existisse realmente um vício chamado IT, com essas características.
Bom, é só vc juntar o 2º. comentário do Charlie, o meu 2º. comentário e o da Adriana acima e vc vai entender melhor.
Ah, e obviamente que não concordo com vc qto a estar desrespeitando ou xingando o leitor e que ele não volte ao blog por causa disso. Rarararara... Ele não volta pq o tema não o interessa ou pq os textos são ruins.
Um beijo e luz no coração.
------
Adriana,
obrigada pela visita e o comentário. Volte sempre! Bj

Mazé

Josiany disse...

É isso aí Mazé. Bjos

Larissa disse...

pô gente, pra quê esse climão, hein?!
esse é um blog legall, mesmo com algumas incognitas, é divertido, e esse climão não ajuda em nada isso aqui, só prejudica...
pelo amor de Deus!
PAZ e AMOR :D

Anônimo disse...

Well, eu não ia dizer nada mas vou dizer...
Tem um conhecido meu de um tempo atrás, meio louco é claro, que dizia que evitava sempre olhar no espelho. Sabe por que?
Não aguentava lidar com aquela imagem que lhe trazia lembranças assustadoras????????
Acho que quando ele bolou essa estória insana, sabia que uma bobagem dessa, sendo dita de maneira séria para as pessoas(ele parecia sério), levaria anos para ser esquecida. Cá estou eu contando esta estória 20 anos depois.....
A curiosidade talvez seja o pior dos vícios da humanidade e um dos mais encantadores e divertidos também.

W.Allen

Larissa disse...

carakkk, que povoo doidoo em W.Allen!! mas, achei legall a história desse teu amigoo.... :D