sexta-feira, 27 de junho de 2008

Viagem indoor
Cocoon Style. Não é de hoje que os marqueteiros, com suas previsões de fundo rentável, vêm antevendo que as pessoas mais e mais vão ficar confinadas em seus lares para vivenciar experiências em segurança, ao invés de se arriscar em uma rodovia esburacada ou em um pub com festa estranha e gente esquisita. Bem-vindo ao cocoon way of life. Com o advento dos home-theatre, das TVs de plasma, dos zilhões de canais digitais e dos disk-pizza, disk-isso, disk-aquilo, vai ficar cada vez mais sedutor tirar o edredon do armário em detrimento de fazer as malas e fugir para aquele destino que pode ser inóspito, oneroso ou sem graça. Se você não pode ou não é a fim de se jogar no mundo, mas curte saber como é caminhar por uma kasbah movimentada ou conhecer o jeito de viver de um cidadão em Kuala Lampur na Malásia, levante as mãos para o céu, empunhe o controle remoto e se atraque naquele telefone sem fio. Sua era chegou.

Aqui estão mais de 50 “destinos” que você pode fazer sem sair de casa. Basta acionar o PC, o DVD player, o aparelho de som, o fogão e a carteirinha da biblioteca (existem serviços para pegar e devolver seu livro por moto-boy). Sim, é possível girar o mundo entre quatro paredes. Sente na poltrona, afrouxe o cinto e boa viagem.

Filmes

Road-movie é o perfeito espírito da viagem (por motivos óbvios) e a metáfora absoluta da existência humana. Portanto, aqui vai uma lista com aqueles que são provavelmente os dez mais importantes filmes de estrada de todos os tempos.

Sem Destino
Clássico, pioneiro. Praticamente o ponto de partida dos road-movies (não foi o primeiro, mas foi o mais marcante). Dirigido por Dennis Hopper, é um libelo da cultura beatnik.
http://www.cineplayers.com/filme.php?id=470

Paris Texas
Pai e filho voltando às suas origens, no sentido literal e no figurado. Harry Dean Stanton buscando Nastassja Kinski ao som da guitarra melancólica de Ry Cooder. Inebriante.
http://blog.uncovering.org/archives/2005/05/os_filmes_da_mi_1.html

Thelma & Louise
Um panfletário e libertário manifesto feminista. Deu a Callie Khouri o Oscar de Melhor Roteiro. Um Thunderbird 1966, duas mulheres e o mundo a (re)conquistar.
http://www.adorocinema.com/filmes/thelma-e-louise/thelma-e-louise.asp

Coração Selvagem
Vencedor da Palma de Ouro em Cannes. Nicolas Cage viola sua condicional e pega a estrada com muito rock, bizarrices e... O Mágico De Oz. É de esfolar o coração no asfalto.
http://museudocinema.blogspot.com/2006/08/corao-selvagem.html

Transamérica
Transexualidade tratada de uma forma humana como nunca se viu no cinema. Relações familiares e falsa moral pegam carona. É para quem quer viajar nos próprios conceitos.
http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/cadernog/conteudo.phtml?id=582996

A Encruzilhada
Ralph Macchio cruza os States com um guru do blues em busca da sonoridade perfeita. Chega ao inferno e trava com Steve Vai o maior duelo de guitarras do cinema. De pedir bis.
http://www.youtube.com/watch?v=3Jjo9icfcMw

Estrada Para Perdição
Uma história de gangsters e paternidade baseada em uma HQ. Sensível e ao mesmo tempo visceral. O destino reserva um dos finais mais angustiantes já vistos na telona.
http://www.moviemago.com/home/filmes_view.php?id=2979

Sideways
Não se sabe se o filme beneficiou a indústria automobilística, mas as vinícolas se deram bem. Oscar de Roteiro Adaptado. Aqui, volante e bebida se misturam.
http://www1.folha.uol.com.br/folha/turismo/noticias/ult338u4940.shtml

Duets
Vários artistas amadores indo para um concurso de karaokê. Acredite, vale mais que show de muito rock star por aí. A trilha é cantada pelos próprios atores, e matam a pau.
http://www.mp3mp4mp5players.net/portal/trilha-sonora-do-filme-duets.html

Central Do Brasil
Nosso representante brazuca. Fernanda Montenegro tão vigorosa e emblemática que chegou a concorrer ao Oscar. Uma viagem pelo Brasil que o Brasil não gosta de ver.
http://www.centraldobrasil.com.br/abertu_p.htm


Livros

OK que aquele lance de que "ler é a maior viagem" é o maior clichê. Mas não deixa de ser verdade. Portanto, aqui vão títulos que levam o leitor a destinos distantes e epopéias no universo da imaginação, sendo misturadas aqui obras de ficção e não-ficção.

100 Cidades Que Mudaram A História Do Mundo
(Christianne Beckner)
Para quem quer mais história do que paisagens, onde você pode ver juntas Teerã e Nova York sem nenhum conflito.
http://www.sebodomessias.com.br/loja/(S(cu1t2k2sr32chnybrg1lc4ee))/detalheproduto.aspx?idItem=42823

On The Road
(Jack Kerouak)
Praticamente um diário de bordo, relatando como era ser um “sem destino” nos Estados Unidos da contra-cultura.
http://www.lendo.org/on-the-road-jack-kerouac-pe-na-estrada/

Viaje na Viagem
(Ricardo Freire)
Um guia bem humorado de um cara que diz que torrou sua grana ganha na publicidade em viagens.
http://www.viajenaviagem.com.br/amostra.html

Mil Lugares Para Conhecer Antes De Morrer
(Patrícia Schultz)
Ficou semanas na lista dos mais vendidos do New York Times e é considerado guia imprescindível.
http://viagem.uol.com.br/ultnot/2006/10/19/ult2445u2729.jhtm

O Pêndulo De Foucault
(Umberto Eco)
A trip aqui é em torno do misticismo e de enigmas perturbadores e insondáveis, coisas de um autor genial.
http://livrosparatodos.net/livros-downloads/o-pendulo-de-foucault.html

2001, Uma Odisséia No Espaço
(Arthur C. Clarke)
Uma viagem ao espaço, ao conhecimento e à grande saga da raça humana no cosmos.
http://www.livrosparatodos.net/livros-downloads/2001-odisseia-no-espaco.html

Operação Cavalo De Tróia
(J. J. Benítez)
Provavelmente a mais famosa obra de viagem no tempo de todos os tempos.
http://pt.shvoong.com/books/4296-operação-cavalo-tróia/

A Volta Ao Mundo Em 80 Dias
(Julio Verne)
“20 mil Léguas Submarinas”, “Viagem Ao Centro Da Terra”, “Viagem Ao Redor Da Lua”... Verne não conhecia fronteiras.
http://www.ebooksbrasil.org/eLibris/voltamundo.html

O Turista Acidental
(Anne Tyler)
O filme é mais conhecido, e a obra é ideal para aqueles que não gostam de sair de casa: vão se identificar, e aprender.
http://livrosdamaria.wordpress.com/1990/01/01/o-turista-acidental/

Se A Vida É Um Jogo, Estas São As Regras
(Chérie Carter – Scott)
Uma espécie de guia de bordo para a maior de todas as viagens: a própria vida.
http://www.editoras.com/rocco/022317.htm


Músicas

Aqui estão reunidos músicos e compositores que souberam jogar na coqueteleira o swing de diversas partes do globo. Ou melhor, estão aqui os mais bem sucedidos, porque esta química não é das mais fáceis. Viaje nas ondas sonoras.

Mano Negra
Talvez o grupo musical mais cosmopolita já criado, misturando rock e ritmos do mundo todo, cantados em inglês, francês, árabe, espanhol e até catalão.
http://www.lastfm.com.br/music/Mano+Negra

Air
Dupla francesa intimista e sutil em suas referências, incursionando por vocais soturnos e sussurrados – uma boa amostra é “Universal Traveler”.
http://musica.uol.com.br/pulso/2004/02/13/ult703u90.jhtm

Deep Forest
Novamente dois músicos franceses (isso sim é país inspirador) que misturam world music a eletrônica, em arranjos comerciais mas mesmo assim estimulantes.
http://www.lastfm.pt/music/Deep+Forest

Thievery Corporation
Incrível como em um grupo onde ninguém se considera músico o som é tão bem elaborado e eclético, multicultural e ao mesmo tempo familiar para ouvidos de bom repertório.
http://217.69.40.171/portuguese/events/faithless-thieverycorporation/

Paul Simon
Com “Graceland”, o ex-dupla de Art Garfunkel provou que não era apenas bom compositor como também um corajoso explorador sonoro, mergulhando nas raízes africanas.
http://www.millarch.org/ler.php?id=3168

Amadou et Marian
O casal de Mali descoberto por Manu Chao: são cegos mas têm um ouvido que compensa todos os demais sentidos, e conseguem ser vibrantes e ritmados com estilo contagiante.
http://sacundinbenblog.blogspot.com/2007/09/dom-salvador-dom-salvador.html

Vangelis
O compositor instrumental grego que ficou famoso pelas trilhas de “Carruagens De Fogo” e “Blade Runner”, sendo também o maior baluarte da new age.
http://www.kboing.com.br/script/radioonline/busca_artista.php?artista=vangelis&cat=music

Moby
Antes dele, Djs eram vistos como usurpadores do talento alheio; mas pesquisando a sério sonoridades e canções, Moby tornou dançantes até composições folclóricas.
http://cotonete.clix.pt/ouvir/entrevistas/body.aspx?id=1436&type=8

Sting
Cosmopolita na arte e fora dela, quando saiu do Police defendeu nossos índios e cantou em português e espanhol, flertando com o jazz e com ritmos do mundo todo.
http://portalamazonia.globo.com/amazonasfm/index.php?idN=6885

Brian Eno
Respeitadíssimo e um dos mais influentes produtores musicais de todos os tempos, tendo já trabalhado com David Bowie, John Cale, Laurie Anderson e vários outros.
http://cotonete.clix.pt/quiosque/artistas/home.aspx?id=4399


Culinária

A melhor forma gustativa de viajar é através da carta de vinhos. Mas a grande abrangência de safras, origens, estilos de uvas e etc tornam um top 10 algo que beira o impossível. Então, lá vai a lista de sites para as cozinhas típicas mais famosas dos quatro cantos do planeta.

Francesa
De patês a fondues
http://www.livrodereceitas.com/interna/franca/index.html

Japonesa
Já ouviu falar de sushi de toro?
http://www.portaldosushi.com.br/receita.htm

Portuguesa
Tem até receitas com cabeça de bacalhau
http://www.gastronomias.com/receitas/index.htm

Indiana
Kofta, Jeera e outros nomes esquisitos
http://www.webbusca.com.br/culinaria/cozinha_indiana.htm

Espanhola
Cozidos, flambados e congêneres
http://www.rudgesbc.com.br/culinaria/cozinha_internacional/cozinha_espanhola/cozinha_espanhola.html
Tailandesa
Exotismo light
http://www.muitomaisreceitas.com.br/cozinhas/tailandesa/

Alemã
Joelho de porco e outras partes
http://www.muitomaisreceitas.com.br/cozinhas/alema/

Italiana
Ma Che!
http://www.queroaitalia.com/receitas_de_cozinha_italiana.asp

Chinesa
Nada de cachorro ou escorpião
http://www.muitomaisreceitas.com.br/cozinhas/chinesa/

Vegana
Para quem quer preservar o mundo animal
http://www.eurooscar.com/RECEITAS_VEGETARIANAS_EUROOSCAR/receitas_vegetarianas_eurooscar173.htm

Clips

Essa é para quem quer viagem de tiro curto (leia-se: nada de passar horas vendo filmes, lendo livros ou cozinhando). Em cinco minutinhos dá pra cruzar fronteiras em imagem e som. Ou ainda pirar nas ego trips dos astros.

Virtual Insanity
(Jamiroquai)
Como dizia o nome do álbum, “Tavelling without moviment”
http://www.youtube.com/watch?v=YMMQqE9x6i4

Coffee And TV
(Blur)
A viagem de uma simpatica caixinha de leite
http://www.youtube.com/watch?v=kWUil383us4

Karma Police
(Radiohead)
Pegue carona em um carro sem motorista e piedade
http://www.youtube.com/watch?v=5LeLAELIxKY

Perfect Drug
(Nine Inch Nails)
Uma autêntica bad trip (mas viciante)
http://www.youtube.com/watch?v=5LeLAELIxKY

Tonight, Tonight
(Smashing Pumpkins)
Embarque nesta viagem à lua
http://www.youtube.com/watch?v=EsZYqaSc4cU

The Sweetest Thing
(U2)
Passeie com o Bono enquanto ele se reconcilia com a amada
http://www.youtube.com/watch?v=1wfv3lJs5qE

Dirty Little Thing
(Velvet Revolver)
Pelos trilhos no trem mais insano do rock
http://br.youtube.com/watch?v=9ECT_DFU0lg

Thinking About You
(Norah Jones)
Isso sim é viajar nas idéias
http://br.youtube.com/watch?v=rPvj3pOQpoA

20-19
(Gorilaz)
O bug mais animado do pedaço
http://www.youtube.com/watch?v=j0V72lJdI14

Everybody Wants To Rule The World
(Tears For Fears)
Clássico das “tias fofinhas” com título auto-explicativo
http://www.youtube.com/watch?v=FOA4ixV-3jU


Mas se bater aquela vontade de botar o pé no mundo, entre no site http://www.supersitesdaweb.com/dicas_de_viagens.htm e desça pela barra de rolagem: você encontrará um guia com alguns dos melhores portais da net sobre turismo. Aproveite, porque você já está fazendo uma viagem, apenas ainda não se deu conta de que seu corpo é o veículo.



Mario Lopes

12 comentários:

Verônica disse...

Mário meu querido, pela primeira vez vc foi previsível. Hehe! Tô aprendendo a te conhecer. Gostas de mostrar erudição. E nós desaforadas e os leitores temos sorte de ter vc por aqui para nos enriquecer. Obrigada! Vou viajar contigo agora!
;)
Verô

Aletéia disse...

hehe adorei as dicas...

Vou imprimir rss

bjks Ale

Anônimo disse...

Verô, quando se tem de criar um texto às 04h da manhã para estar pronto antes do sol raiar, não tem muito como não ser previsível. :-)
Beijo.

Charlie

Anônimo disse...

Ale, imprima e, preferencialmente, use a dois que a viagem indoor fica mais divertida. hehe ;-)
Beijo e bom edredon de fds.

Charlie

Anônimo disse...

Adorei este texto - melhor dizendo,"guia" - mas gostaria de dar uma opinião: faltou uma maior atenção às raízes brasileiras - acho que neste ponto deixou um pouco a desejar.
Por favor não me leve a mal. rs ;-)
Beijos,
Cá.

Anônimo disse...

Você tem total razão, Cah. Vou tentar me redimir. Beijo.

Charlie

Anônimo disse...

Ops, claro, tanto que quero fazer uma sugestão: um texto que fale apenas a respeito dos atrativos do nosso país. Que tal?!
Cá.

Anônimo disse...

OK, Mila, sugestão aceita. Beijo.

Charlie

Verônica disse...

Mario, não me entenda mal. Eu não fiz uma crítica apenas uma observação e ainda frisei que isso é positivo, pois assim temos riqueza de conhecimento para nos esbaldar.
Pra quem escreveu as pressas o post ficou mil.
bjs
Verô

Anônimo disse...

Verô, Verô, hehe, eu não fiquei ofendido nem nada. Claro que gosto de surpreender, apenas expliquei que desta vez teve de ser algo que estava sob meu controle, pois eu não poderia arriscar dentro do curto espaço de tempo, entende?
Beijo.

Charlie

.:*Mandy*:. disse...

Mário, Mário... sempre uma delícia ler seus posts do Desaforadas. Este não foi exceção ;)
Beijo beijo ;*****************

Anônimo disse...

Puxa, Mandy, muitíssimo obrigado. Juro que vou me empenhar para que nunca seja exceção. :-)
Beijo.

Charlie